sábado, janeiro 26, 2008

Um coração amante


Um coração amante
By Thyta

Quem entenderia
O coração amante?
Se nesse mesmo peito esconde
Angustiado sentimento
De uma vida errante;

Quem seria capaz de entender
O olho de quem mente?
Mentira tão bem tramada
Que se finge a verdade facilmente;

Em meio ao riso fingido
Um coração se faz forte
Pulsando apertado dentro do peito
Lamentando a sua sorte;

Apanhando da vida
Sofrendo dores estranhas
Sufocando gemidos
Silenciando as palavras no escuro
Em busca do nada;

Faz da dor, uma doce amiga.
Majestosa pesar, pesarosa.
Temida e admirada
Que mostra no sorriso
A vontade desejosa
De este mistério desvendar.

Um comentário:

Maria Flor! disse...

Olá Thyta,
Parabéns pelo blog, maravilhoso!
Amei suas poesias. Deliciosas de
ler, apaixonante! Gosto do seu ritmo e de seu estilo.
São belas apesar de tristes -
belancólicas.
Muita luz em seu caminhar.

Beijos da Flor!